Blog Abrace o Vale

A caminho do turismo sustentável

Há pouco mais de três anos, não havia nenhum indício de que Potim poderia ser uma das novidades do turismo regional. Inserido na Rota da Fé, o município se destaca pelo seu artesanato de excelência, um forte comércio e importantes atrativos de valor histórico e cultural. Valorizando esses elementos, passo a passo, a cidade deixa no passado os estereótipos negativos, para promover a economia local com sua nova vocação para receptividade.

Há várias opções de entretenimento e lazer, muitas ainda em fase de implantação, mas, que se conduzidas por profissionais da área, renderão bons passeios e experiências. A começar pela Matriz de Bom Jesus, que abriga a imagem vinda de Portugal em 1772, e acompanhar um pouco da história do vilarejo, dos índios, dos tipos de plantio, no mesmo século do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Vale ainda uma visita ao Lar Monsenhor Filippo, prédio da década de 50, construído para abrigar órfãos de todo Estado na época. Um complexo pouco explorado e que inclui em seu acervo uma bela capela.

Turismo de aventura – Para os amantes da natureza e do esporte, Potim integra o trecho final da Rota da Fé, que recebe mais de 70 mil peregrinos que passam por ano por estas terras antes de chegar em Aparecida. Nesta estrada rural de chão pode-se praticar caminhadas, passeios de bike, motocross e até carro, em um trecho de cerca de 16 km, no sentido Serra da Mantiqueira, com tours que acabam nas áreas rurais de Pindamonhangaba, nos bairros de Graminhas, Ribeirão Grande e Xisto; e nas Pedrinhas, Gomeral e Monte Verde, na cidade de Guaratinguetá.

Turismo gastronômico – As dicas de alimentação estão por conta de restaurantes como do Valtão, MM Lanches, Mineiro, Rancho Tropeiro, ou Caminho da Fé, que também oferece piscina e pesqueiro. Para fazer eventos e ainda apreciar vistas maravilhosas para a natureza, as dicas são os sítios Flor do Campo e Morada do Caminheiro.

Turismo de negócio – Um dos mais promissores segmentos de turismo em Potim é o de negócios. Com fábricas que produzem os mais diversos tipos de produtos para os turistas da região, Potim produz fitas, velas, imagens de gesso e resina, quadros, roupas entre tantas outras. É possível fazer um tour guiado nestas fábricas, já com a companhia de um guia de turismo credenciado e fazer ótimas compras.

Turismo cultural – A grande aposta no desenvolvimento da cidade é o turismo cultural. Com isso foram criados roteiros de visitação aos ateliês dos artesãos, que mostram um pouco de sua simplicidade, talento e hospitalidade. Uma dica é fazer o “Imersão na Taboa”, em que é possível acompanhar deste a colheita da taboa no brejo, até o processo de secagem da planta e execução de peças simples.

Para mais informações ou dicas, basta procurar a Casa do Artesão, que fica na Praça da Matriz Bom Jesus, onde há exposição e venda de produtos artesanais dos mais variados. Abre de segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 17h. E em novembro começa a funcionar nos fins de semana. Também é possível ter informações pelo email turismo@potim.sp.gov.br .

Uma resposta

  1. Parabéns pelo trabalho! Obrigado pela inclusão da Morada do Caminheiro, comi local de entretenimento. Boa sorte a todos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voo Turismo da Fé

Com o objetivo de ligar diversas cidades brasileiras aos destinos religiosos no Vale do Paraíba, como o Santuário Nacional de N. Sra. Aparecida, Santuário Frei

Ler na íntegra »
WhatsApp
Posso ajudar?
Olá! 🤗
Como podemos ajudar?