Blog Abrace o Vale

GUARATINGUETÁ: Terra de São Frei Galvão

Conheça a história da cidade natal do primeiro Santo Brasileiro

Guaratinguetá, localizada na região do Vale do Paraíba, sede de microrregião, é um dos mais importantes municípios do Vale do Paraíba, possuindo importância turística, industrial e comercial. É conhecida na região pela tradição da comemoração do carnaval, iniciado no município pela tradição portuguesa do entrudo, e por ser um importante ponto turístico religioso, integrando o Circuito da Fé juntamente com os municípios vizinhos Aparecida e Cachoeira Paulista.

Cidade onde nasceu Frei Galvão, primeiro santo brasileiro, Guaratinguetá recebeu a visita de papa Bento XVI, em 12 de maio de 2007, na Fazenda Esperança. O papa também conduziu a cerimônia de canonização de Frei Galvão que aconteceu no dia 11 de maio no Campo de Marte na cidade de São Paulo.

O turismo religioso em Guará envolve visitas à Casa de Frei Galvão, Museu e seminário Frei Galvão, Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a igrejas como a “Catedral de Santo Antônio” e o “Santuário Frei Galvão”.


Santuário Frei Galvão

O Santuário de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão em Guaratinguetá (SP) foi constituído canonicamente no dia 8 de dezembro de 2010 pelo Cardeal Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis. O decreto foi assinado no dia 8, data da solenidade da Imaculada Conceição.

Embora canonicamente, o Santuário tenha pouco tempo de existência, sua história como Igreja e lugar de peregrinação começou no ano de 1983. No dia 12 de outubro daquele ano, no bairro Jardim do Vale, em Guaratinguetá, foi celebrada a primeira Missa no local onde seria construída a igreja dedicada a Frei Galvão.

No início dos anos 90, com a ida do Padre Nelson Ferreira Lopes para a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, iniciou-se a construção da igreja dedicada a São José e Frei Galvão. Nesse período, foram construídas as paredes da Igreja.  Em 1996 chegava na paróquia o Padre Anísio Teixeira, que daria continuidade ao trabalho, mas, com a beatificação de Frei Galvão, a obra foi paralisada para adequação do projeto.

Com plena aceitação da comunidade de São José, a Igreja passou a ser chamada de Beato Frei Galvão e foram finalizadas as obras de construção. Ela passou a ser a primeira Igreja dedicada ao beato brasileiro, nascido em Guaratinguetá, e que depois se tornou Santo.

Em 2010, com a criação do Santuário, foi nomeado o primeiro reitor, Padre Roberto Lourenço da Silva que tem como missão acolher os romeiros das mais diversas localidades que visitam o Santuário Frei Galvão todos os dias.


Infraestrutura

O Santuário de Frei Galvão recebe anualmente aproximadamente 420 mil pessoas, em média 35 mil por mês. No mês de outubro, esses números aumentam por conta da Festa dedicada ao santo, chegando a aproximadamente 80 mil visitantes.

O Santuário conta com 80 bancos de 6 lugares, totalizando 480 pessoas sentadas e 1000 pessoas, ao todo, na igreja.


Acolhimento

Os devotos que visitam o Santuário são acolhidos pelos funcionários e voluntários do Santuário, onde são recepcionados com uma breve explicação sobre a vida e as obras de São Frei Galvão. Durante a recepção, eles também são convidados a se tornarem “Missionários de Frei Galvão”, um grupo de devotos que participam de uma campanha com o objetivo de ajudar a manter as obras de evangelização do santuário e, em seguida, participam de um momento especial de oração.

Após a oração, cada peregrino recebe gratuitamente dois banners contendo as pílulas milagrosas do santo e a novena, com a devida catequese. Os sacerdotes do Santuário também acolhem os visitantes e disponibilizam-se para atender aqueles que precisam se confessar ou receber as bênçãos do padre.


Santo Antônio de Sant’Anna Galvão

Conhecido como “o homem da paz e da caridade”, Antônio de Sant’Anna Galvão nasceu no dia 10 de maio de 1739, na cidade de Guaratinguetá (SP).

Filho de Antônio Galvão, português natural da cidade de Faro em Portugal, e de Isabel Leite de Barros, natural da cidade de Pindamonhangaba, em São Paulo, o ambiente familiar era profundamente religioso. Antônio viveu com seus irmãos numa casa grande e rica, pois seus pais gozavam de prestígio social e influência política.

O pai, querendo dar uma formação humana e cultural segundo suas possibilidades econômicas, mandou Antônio, com a idade de 13 anos, à Bahia, a fim de estudar no seminário dos padres jesuítas.

Em 1760, ingressou no noviciado da Província Franciscana da Imaculada Conceição, no Convento de São Boaventura do Macacu, na Capitania do Rio de Janeiro. Foi ordenado sacerdote no dia 11 de julho de 1762, sendo transferido para o Convento de São Francisco em São Paulo.

Em 1774, fundou o Recolhimento de Nossa Senhora da Conceição da Divina Providência, hoje Mosteiro da Imaculada Conceição da Luz, das Irmãs Concepcionistas da Imaculada Conceição.

Cheio do espírito da caridade, não media sacrifícios para aliviar os sofrimentos alheios e o povo a ele recorria em suas necessidades. A caridade de Frei Galvão brilhou, sobretudo, como fundador do Mosteiro da Luz, pelo carinho com que formou as religiosas e pelo que deixou nos estatutos do então recolhimento da Luz. São páginas que tratam da espiritualidade, mas em particular da caridade de como devem ser vivida a vida religiosa e tratadas as pessoas de dentro e de fora do “recolhimento”.

Às 10 horas do dia 23 de dezembro de 1822, no Mosteiro da Luz de São Paulo, havendo recebido todos os sacramentos, adormeceu santamente no Senhor, contando com seus quase 84 anos de idade. Foi sepultado na Capela-Mor da Igreja do Mosteiro da Luz, e sua sepultura ainda hoje continua sendo visitada pelos fiéis.

O dia 25 de outubro, dia oficial do santo, foi estabelecido, na Liturgia, pelo saudoso Papa João Paulo II, na ocasião da beatificação de Frei Galvão em 1998 em Roma. Com a canonização do primeiro santo que nasceu, viveu e morreu no Brasil, a 11 de maio de 2007, o Papa Bento XVI manteve a data de 25 de outubro.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Santuário de Frei Galvão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Posso ajudar?
Olá! 🤗
Como podemos ajudar?